Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série Chris Surdak | 6 de 6 | Características do novo trabalhador

Chris, como a inteligência artificial e o Big Data podem transformar o papel humano e a empregabilidade?

Ambos, a inteligência artificial e o Big Data, terão um impacto tremendo na empregabilidade, principalmente para empregos de pessoas com conhecimento. Empregos onde as pessoas costumavam gerenciar a movimentação de dados pelas organizações. Computadores farão tudo isto daqui em diante e, então, onde ainda precisaremos de pessoas envolvidas é na interpretação destas informações, utilizando-as e garantindo, novamente, que nossos valores são seguidos. Criar sistemas de valores para as organizações e garantindo que quando computadores atuarem automaticamente nestas informações, eles o farão conforme nosso desejo.

Então este é um dos desafios da inteligência artificial e isto vai mudar os papéis que as pessoas têm nas organizações. Não mais direcionando os dados mas garantindo que os sistemas, que fazem coisas automaticamente, fazem isto conforme nossas intenções.

Chris, quais são os principais aspectos do novo trabalhador?

Novos trabalhadores que irão atuar nisto precisam ser muito flexíveis. Eles saberão quando ser flexíveis e quando precisam ser firmes nos valores e entenderão como digerir muita informação, entendê-la rapidamente e tomar decisões velozes. Passará a ser interpretação e velocidade, enquanto mantendo-se centrado em valores. Será um grande desafio, mas este é o desafio humano neste novo mundo de dados para onde caminhamos.

Bem, esta daqui foi a série de entrevistas com o Chris Surdak, autor dos livros “Data Crush” e “Jerk” e convidado especial da getAbstract e da Kuratore curadoria estratégica. Muito obrigado!

chris-06-01

 

Chris, how could Artificial Intelligence and Big Data transform the human role and employment?

Both artificial intelligence and Big Data will have a tremendous impact on employment particularly for knowledge worker jobs. Jobs where people used to manage the movement of data through organizations. Computers will do all that going forward. And so where we’ll still need people involved is interpreting that information, putting it to use and ensuring, again, that our values are followed. Setting up value systems for organizations and making sure that when computers automatically act upon this information, they are doing it according to our will.

So that’s one of the challenges of Artificial Intelligence and that’s going to change the roles that people play in organizations. No longer shepherding data but making sure that the systems that do things automatically do so the way that we intent.

Chris, what are the main aspects of the new worker?

New workers that are going to work in this world are going to be very flexible, they’re going to know when they need to be flexible and when they need to be firm on values and they are going to understand how to digest a lot of information, make sense of it quickly and decide quickly. It’s going to be interpretation and it’s going to be speed, while staying value centered. It’s going to be a big challenge, but that’s human role in this new world of data that we’re going to.

Bem, esta daqui foi a série de entrevistas com o Chris Surdak, autor dos livros “Data Crush” e “Jerk” e convidado especial da getAbstract e da Kuratore curadoria estratégica. Muito obrigado!

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!