Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série Microsoft |3 de 3| – Peer Coach

Olá! Estou aqui com a Marissol Alves, Readiness BP Brazil da Microsoft, para falar sobre peer coach. Eu sou Wagner Cassimiro e este é o Espresso3.

Marissol, antes de tudo, o que é o peer coach?

Wagner, basicamente é um coaching feito por pares, por pessoas que estejam eventualmente no mesmo nível hierárquico.

E o que fez a Microsoft buscar essa solução?

Basicamente quando nós recebemos o Satya Nadella como o nosso novo CEO veio com ele uma nova mentalidade chamada Growth Mindset, a cultura que a Microsoft tem adotado nos últimos anos que valoriza os nossos erros como parte do processo de aprendizagem. E quando você trabalha com programas de pares você tem a oportunidade de treinar esse erro em ambientes controlados e utilizar os erros como forma de aprimorar os seus argumentos e, obviamente, sua aprendizagem.

E como funciona na prática o peer coach?

Nós desenvolvemos uma estrutura que se compõe em quatro passos. Primeiro é a formação da força de coaching, não é qualquer pessoa que pode fazer o coaching dentro do peer coach. Então nós começamos com o nomitation, a nomeação dessas pessoas por parte da liderança, que buscava identificar pessoas que tinham melhor performance ou que tinham algum tipo de habilidade que serviria de referência para outras.

A partir do momento em que identificamos essas pessoas passamos a treiná-las para que o feedback fosse construtivo na hora do exercício de coaching.

Depois de selecionar e preparar a nossa força de coaches nós temos que convidar os nossos participantes a fazer um preparo, um exercício prévio, uma atividade que permite que ele faça a seleção do cliente, do parceiro e selecione um cenário desafiador que ele deseja endereçar. Ele prepara um exercício com a abordagem e a argumentação que ele quer usar e envia para o coach que vai fazer o exercício com ele.

Eles marcam uma sessão, que é um ensaio onde o coach faz o papel do cliente e o vendedor o papel dele mesmo de vendedor, fazendo a sua argumentação. O último passo é o feedback. O coach vai ter a oportunidade de avaliar se aquela argumentação foi efetiva, ou se ele endereçaria de alguma forma diferente.

Em síntese a nossa estrutura inclui nomeação dos coaches, preparo dos coaches, avaliação das contas a serem exercitadas e feedback após a sessão.

E qual é o principal desafio de lidar com isso?

Eventualmente você tem que garantir que as pessoas não tenham preconceito de lidar com pessoas que estejam no mesmo nível hierárquico. É muito mais fácil de aceitar o feedback quando ele vem do meu gerente, do meu gestor, ou do meu diretor. E quando isso vem de um par isso pode ser visto de uma forma um pouco enviesada.

A primeira coisa que fizemos foi garantir que as pessoas entendessem que aquele exercício daria a chance de uma troca. E é bastante comum que a pessoa que esteja fazendo o papel de coaching, a pessoa que foi nomeada para ser treinado como coach, volte para nós indicando novas pessoas para fazerem parte da comunidade porque elas tiveram uma performance muito boa ou até mesmo dividindo que aprenderam muita coisa durante aquela sessão.

Muito obrigado!

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!