Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série Regina Camargo |2 de 3| – Comparação entre os modelos Jack Philips e Kirkpatrick

Olá! Estou aqui com Regina Camargo, especialista em avaliação de resultados, e agora abordaremos uma comparação entre o modelo Jack Philips e o modelo Kirkpatrick. Eu sou Wagner Casimiro e este é o Espresso3.

Regina, uma comparação do modelo Jack Philips e Kirkpatrick.

Talvez, um jeito interessante de explicarmos a diferença que existe entre os modelos do Jack Philips e do Kirkpatrick é pensar qual é o principal indicador de cada um dos modelos.

No modelo do Jack Philips o indicador é o ROI, Return On Investment, retorno sobre investimento. E no Kirkpatrick o indicador é o ROE, Return On Expectations, retorno sobre as expectativas. Então, o que isso quer dizer? Quer dizer que no modelo do Jack Philips vamos fazer a medição do resultado do treinamento, pós-treinamento. E ela é composta através de uma fórmula, fórmulas matemáticas que tentam demostrar e isolar qual é o real impacto e a contribuição do treinamento em si para o resultado do negócio. Esse é o Jack Philips.

Como funciona o Kirkpatrick? Lembra que eu comentei que nós começamos utilizando o modelo tentando identificar os elementos de nível quatro, que é o nível do resultado. O que vamos tentar entender é qual é o problema do negócio. Como o dono do negócio entende qual é a solução que resolve o negócio, quais são as expectativas que ele tem sobre a solução para o problema dele? Isso se transforma na expectativa. Essa expectativa pode contemplar aspectos quantitativos e aspectos qualitativos.

Então a diferença é que se no modelo do Jack Philips, vamos identificar e mensurar o resultado depois, no Kirkpatrick nós iniciamos todo o planejamento antes mesmo de pensar na iniciativa de treinamento. Então, não é depois, é antes que começamos a pensar na solução através do modelo do Kirkpatrick, e toda a mensuração desse resultado abarca aspectos quantitativos que podem estar relacionados com a expectativa do nosso stakeholder máximo, mas também aspectos qualitativos. Não só os quantitativos, mas os qualitativos também são considerados.

Regina, como funciona a avaliação qualitativa?   

Essa é uma pergunta interessante. Quando o Donald Kirkpatrick estruturou o modelo dele as pessoas entenderam que nós deveríamos utilizar muitas pesquisas para buscar dados quantitativos. Um exemplo disso são os pré-testes e pós-testes.

Com o novo modelo nós vamos vendo que é claro que pesquisas são importantes e que vamos precisar identificar indicadores quantitativos, mas tão importante quanto os indicadores quantitativos são os qualitativos, que muitas vezes você capta através de depoimentos. Depoimentos dos líderes, depoimentos de pessoas que passaram pela iniciativa de treinamento e desenvolvimento. E pelo modelo do Kirkpatrick, tão importante quanto os aspectos quantitativos de pesquisa, que podemos estruturar dentro do nosso projeto, é capturar esses depoimentos mais espontâneos, mais qualitativos a respeito de como está caminhando esse resultado desse projeto.

Muito obrigado!

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!