Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série Suceg – Gertrudes Dandolini – Cooperação entre universidades corporativas e acadêmicas

Olá! Estou a professora Gertrudes Dandolini para falar sobre a cooperação entre universidades corporativas e universidades tradicionais. Eu sou Wagner Cassimiro e este é o Espresso3.

Professora quais os desafios para promover a integração entre as universidades corporativas e as universidades tradicionais?

Bom, hoje nós vivemos em um mundo que é bastante dinâmico, e acho que a universidade academia, ou tradicional como você colocou, não está mais dando conta de se atualizar. Nós precisamos de mais conhecimento do mercado para poder formar melhor os nossos alunos. Por outro lado, as universidades corporativas precisam de mais conhecimento acadêmico porque o conhecimento que está na própria organização para treinar os funcionários não é o suficiente, elas têm que avançar, avançar para poder se atualizar com esse mundo que está muito dinâmico e globalizado. Desta forma as duas tem desafios a serem superados e acredito que uma pode ajudar a outra, uma pode complementar a outra. A universidade acadêmica precisa saber dos problemas que as empresas estão enfrentando, com o que elas estão trabalhando, para atualizar e formar os nossos alunos preparados para este mercado de trabalho e por outro lado as universidades corporativas precisam conhecer o que está sendo pesquisado de ponta e levar esse conhecimento para que elas avancem também, para ajudar, como se fosse um ciclo. Uma complementando a outra. E também temos um mundo em que há muita informação e muito conhecimento e uma não consegue complementar tudo isso, então elas precisam uma da outra para essa complementaridade.

E até tem a questão do pensamento. Uma é mais rápida e pragmática, a outra é mais reflexiva e profunda.

Exatamente. As duas se complementam. Eu preciso de rapidez na prática, mas também preciso de tempo, que a academia trabalha de forma mais reflexiva como você falou, questionando mais filosofando mais, criando soluções e comprovando que estas soluções são efetivas. Isso também ajuda bastante.

E como solucionar a grande distância que existe hoje entre a academia e o mercado?

Eu acredito que para solucionar isso e começar a unir estas duas universidades nós precisamos primeiro nos conhecer, falta nós conhecermos um ao outro, conhecer o potencial uma da outra, reconhecer que existe potencial tanto na acadêmica como na corporativa. E a partir disto começar a colaborar de forma pequena, para começar a criar uma relação de confiança. Acho que a relação de confiança entre as pessoas que vai fazer com que a coisa aconteça, com que esta integração comece a ocorrer. Outra coisa importante nesta linha da integração é que esta integração vai acontecer através das pessoas e não necessariamente pela instituição. Primeiro as pessoas de uma instituição e da outra tem que começar a trabalhar em parceria para depois institucionalizar esta parceria. As pessoas têm que se dedicar a isto, tem que querer, desejar fazer isto e alocar tempo. As empresas e as organizações governamentais têm que destinar tempo para que esta integração aconteça. Para que as pessoas consigam conhecer uma a outra e comecem a criar estes laços e a partir disto é que irão começar a ter confiança para os projetos começarem a acontecer em parcerias.

Ok, muito obrigado!

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!