Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série UniBrad Bradesco I 3 de 6 I Inovação em práticas educacionais

Olá estou aqui com a Victor Queiroz, Gerente de departamento de RH, na Universidade Corporativa do Bradesco, a UniBrad, para falar de inovação em práticas educacionais. Eu sou Wagner Cassimiro e esse é o Espresso3.

Victor, antes de tudo, por que uma organização deveria inovar em suas práticas educacionais?

Wagner, é fundamental no mundo em que vivemos atualmente, que muitas transformações acontecem com a intensidade e com a frequência cada vez maior, que os profissionais de uma empresa sejam capazes de aprender de maneira diferente e de forma cada vez mais intensa para poder ajudar a empresa a se adaptar a essa nova realidade. Então, é muito importante nós buscarmos inovação também nas práticas educacionais para permitir que os profissionais se renovem a cada dia.

Legal, e quais as principais práticas que considera inovadora, que vocês estão implementando?

Bom, aqui no Bradesco dentre diversas práticas inovadoras que eu gostaria de citar na verdade tem duas delas que estão muito relacionadas ao mundo digital, nessa tendência que as pessoas têm de buscar facilmente e de maneira prática conteúdos para poderem incentivar o seu próprio autodesenvolvimento. Então, temos uma biblioteca virtual que é uma solução online, disponível também por meio de dispositivos móveis, onde as pessoas podem buscar resumo dos melhores livros de negócio e se atualizarem sobre diferentes temas de literatura de negócios, de áreas como liderança, como relacionamento, enfim diversas temáticas importantes para o funcionário. E, também mais recentemente nós lançamos para toda a organização uma outra solução que é muito interessante, é um aplicativo, é um game, que é um jogo de perguntas e respostas que demos o nome de Bquest. E por meio desse jogo, os profissionais podem testar seus conhecimentos a respeito de diversos temas relacionados tanto à organização, quanto temas de conhecimentos gerais. E o mais legal que eles podem duelar entre si e ganhar pontos de maneira que nós estimulemos a aprendizagem não só não só do funcionário com conteúdo, mas entre eles trocando conhecimentos também.

Legal, e as duas práticas têm como desafio o estimulo ao autodesenvolvimento. Vocês têm feito alguma campanha? Algum esforço de comunicação? Como vocês tem trabalhado o assunto de engajamento?

Toda nossa comunicação focada em aprendizagem, desde o lançamento da universidade corporativa, tem sido para estimular o autodesenvolvimento porque nós acreditamos que dentro do nosso modelo, aqui da organização Bradesco de carreira interna, é fundamental que os profissionais busquem se desenvolver e que a organização ofereça para eles os conteúdos os meios e instrumentos para que ajude eles a crescerem na carreira. Então, toda nossa comunicação tem sido muito no sentido de estimular, de atrair, para que as pessoas se interessem pelo autodesenvolvimento, buscando logicamente essa diversidade de soluções que temos oferecido nos últimos anos.

Está ok! Muito obrigado!

Obrigado a você, Wagner!

BRADESCO 3-01

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!