Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série Unindústria | 5 de 5 | Competência de Educadores

Olá estou aqui com o Marcio Guerra da Unindústria para falar sobre competências de educadores. Eu sou o Wagner Cassimiro e este é o Espresso3.

Marcio, O SESI e o SENAI têm diversos professores. Como vocês identificaram as competências destes públicos?

Bom, nós trabalhamos com uma série de pesquisas e monitorando o comportamento de tecnologias, porque quando você fala de SENAI, você está falando de tecnologia e processo produtivo.

Então, a partir de estudos prospectivos e identificação de tendências e dependendo da taxa de difusão de determinadas tecnologias, automaticamente é acionado um processo de desenvolvimento de conhecimento e novas competências nos professores que vão ser eles que vão fazer a atualização dos currículos para atender as demandas que ainda estão por vir. Então é um processo constante de atualização das competências, sobretudo as competências técnicas que têm uma pegada mais tecnológica e também o acompanhamento do desenvolvimento dessas competências que são competências pedagógicas, porque a gente está falando de duas linhas. Uma da educação básica, que tende a ser mais tradicional dentro do modelo, apesar de nós buscarmos sempre a inovação neste processo e dentro da educação profissional a prática pedagógica associada à teoria.

Então são estas duas vertentes, a pedagógica e a tecnológica que são o grande motor do processo de atualização destas competências.

E como vocês desenvolvem estes dois conjuntos de competências?

Bom, nós utilizamos a rede. No caso da tecnologia é interessante porque a Unindústria se multiplica. Então, se nós identificamos uma grande transformação no setor de petróleo, com a chegada de novas tecnologias, nós, dentro da nossa rede, pegamos a unidade escolar que tem o maior nível de conhecimento, ou seja tem um saber notório naquela área e nós utilizamos esta unidade como o principal polo de desenvolvimento das competências e atualização tecnológica. Então levamos pessoas de todo o Brasil para esta escola e acaba que a universidade corporativa SESI/SENAI se multiplica em todos os estados. Ou seja, nós acabamos tendo polos em diferentes áreas de conhecimento nos vários estados da federação.

Então, desenvolver competência é um processo dinâmico para nós para poder acompanhar a dinâmica da indústria e a necessidade de transformação que ela precisa para poder se tornar forte no nosso país.

Em síntese é quem sabe mais ensina os que ainda não têm esta maturidade.

É isso aí. A valorização deste conhecimento interno e o fortalecimento desta rede reconhecendo que de fato está na vanguarda do conhecimento nas áreas de conhecimento que nós atuamos que é educação profissional, saúde, educação básica e qualidade de vida.

Muito obrigado!

guerra-05

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!