Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Especial de Natal – Entrevista com o Papai Noel

Olá! Estou aqui com Papai Noel, que está aproveitando seu dia de folga no Brasil, e vamos falar sobre a produtividade na Fábrica do Polo Norte. Eu sou Wagner Cassimiro e este é o Espresso3.

Papai Noel como manter a produtividade na sua fábrica no Polo Norte?

Ho ho ho, Wagner. É realmente um desafio, principalmente no resto do ano em que a demanda de trabalho não é tão grande. É mais difícil de manter a motivação dos nossos duendes. Mas para entregar quase dois bilhões de presentes precisamos começar as pesquisas de mercado e a fabricação dos brinquedos bem cedo. Para manter a produtividade nós introduzimos o gamification na rotina de trabalho dos funcionários. Então nós temos um sistema de competição e cooperação interna para os duendes ganharem os badges, e recompensas como viagens para o Hawaii, que eu acho que é um lugar maravilhoso, que inclusive eu deixo por último para fazer a entrega dos presentes porque eu já fico por lá curtindo a folga.

Além disso oferecemos vários benefícios na fábrica como aulas de ioga para os funcionários, eles podem testar os brinquedos e jogos das crianças, então é uma grande diversão. E também temos happy hours pagos pela empresa, com panetones e bolos oferecidos pela confeitaria da Mamãe Noel, que foi uma iniciativa maravilhosa dela mesmo em expandir as áreas de atuação da nossa empresa.

E quais são os maiores desafios na fábrica do Papai Noel?

As pessoas sempre acham que o maior desfio é fazer as entregas dos presentes no mundo todo em apenas algumas horas, mas na verdade depois de tantos anos já temos todo o esquema estruturado. Difícil mesmo é achar o videogame que todo mundo quer para meio bilhão de crianças e que já está esgotado nas lojas.

Outro desafio é manter o cadastro atualizado das crianças que foram boas e das que não foram. Afinal o que é ser um bom menino? Se a criança fez uma travessura, mas foi comportada no resto do ano significa que ela foi boa ou levamos a travessura em consideração? Temos que ter um sistema de pesos organizados em uma grande planilha no Excel para avaliar as boas e as más ações das crianças e depois o “Departamento de Boas Crianças” avalia cada uma delas. Isso leva bastante tempo e é um dos setores mais importantes da nossa empresa. E além disso as crianças só ficam mais engajadas no espirito natalino mais agora no final do ano, portanto nós estamos estudando uma estratégia de comunicação para manter esse engajamento ao longo do ano todo.

Ok Papai Noel, muito obrigado!

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!