Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série Chris Surdak | 1 de 6 | Big Data

Olá, estou aqui com o Chris Surdak, especialista em transformação digital e autor dos livros Jerk e Data Crush. Chris está no Brasil para uma série de palestras e sua participação nesta entrevista foi viabilizada pela biblioteca virtual getAbstract e pela Kuratore, curadoria estratégica. Eu sou Wagner Cassimiro e este é o Espresso3!

Chris, vamos começar com o básico. O que é Big Data? Como isto pode mudar o mundo?

O Big Data tem sofrido mudanças nos últimos dez anos. Há cerca de dez anos, fomos desafiados, como empresas, a desenvolver tecnologias que permitissem analisar todos os dados que as pessoas produzem. Smartphones eram algo muito novo, aplicativos eram algo muito novo. Então começamos a criar dados muito mais rápido do que conseguíamos processar. Então Big Data eram os desafios de como eu vejo todos estes dados e utilizo de maneira útil. Mas nós conquistamos muitos destes desafios técnicos nos últimos dez anos, e agora os desafios, já que temos todos estes dados e conseguimos usá-los, são: Como isto muda a maneira que nossos negócios operam? Como isto muda a maneira que os clientes esperam que interajamos com eles? E agora a definição mudou bastante. Era apenas tecnologia e agora é como eu melhoro a vida das pessoas e efetivamente atuo nesta quantidade enorme de dados o mais rápido possível.

Você pode me dar um exemplo prático disto?

Claro! Cada vez que usamos Waze para ir para algum ponto de São Paulo e você segue exatamente o que seu telefone manda sem nem pensar e o Waze te leva da maneira mais rápida possível, esta é uma solução de Big Data. Isso era algo que era inconcebível há dez anos a não ser em programas de ficção científica e agora é algo todos usamos diariamente e dependemos disso. Então, se você está conversando com seus amigos pelo Whatsapp do outro lado da cidade combinando um programa, se você usa o Waze para ir aos lugares, estas são todas soluções de Big Data que agora que possuímos, não conseguimos imaginar nossa vida sem elas.

Então, qual é o futuro do Big Data?

Para mim, o futuro do Big data é ainda mais dados, maiores expectativas de que você e eu teremos nossas necessidades atendidas antes mesmo de sabermos que nós a temos e uma grande dependência de nossos celulares, smartphones e aplicativos que usamos. Um crescimento constante das expectativas de que os negócios nos conheçam profundamente e intimamente e usem isto.  E as empresas que não abraçarem esta mudança, desaparecerão, pois estamos tão acostumados com esta experiência. Esperamos este tipo de experiência e engajamento.

Muito obrigado!

chris-01-01

 

Chris, let’s start with the basics. What is big data? How could it change the world?

Big Data itself has changed in about the last ten years. About ten years ago we were challenged as companies to develop technologies that would allow us to analyze all the data that people were producing. The smartphone was brand new, apps were brand new. So we started creating data much more quickly than we could process it. So big data used to be the challenges of how do I look at all that data and do something useful with it. But we’ve conquered a lot of those technical challenges in the last ten years, so now the challenges, since we have all this data and we can use it, how does that change how our businesses operate, how does that change how costumers expect us to interact with them. And so now the definition has changed a great deal. It used to be just the technology and now it’s about how do I improve people’s lives and actually act upon this huge amount of data as quickly as possible.

Could you give me a practical example of this?

Sure, in anytime we use Waze to try to get somewhere in Sao Paulo and you do exactly what your phone tells you to do, without even thinking about it, and Waze gets you there as quickly as possible, that’s a Big Data solution. That’s something that wasn’t even conceivable ten years ago, unless it was a science fiction TV and now we all use it everyday and we rely upon it. So if you are talking to friends on WhatsApp on the other side of the city, and making plans together, if you’re using Waze to get around, these are all Big Data solutions that now that we have them we can’t imagine our life without them.

So, what is the Big Data’s future?

To me the Big Data’s future is even more data, even greater expectations that you and I have for having our needs met before we even knew we had them and a greater reliance upon our cellphones, our smartphones, the apps that we use. Ever-growing expectations of businesses knowing us deeply and intimately and acting on that. And the companies that don’t embrace this change will fade away, because we are so used to that experience and expect that sort of experience and engagement.

Thank you!

 

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!