Wagner Cassimiro
View Wagner Cassimiro's profile on LinkedIn

Série DogHero | 4 de 4 | Gestão de pessoas da geração milennial

Olá, estou aqui com o Fernando da DogHero para falar sobre a gestão da geração millenium. Eu sou Wagner Cassimiro e este é o Espresso3.

Fernando, qual é o perfil dos colaboradores da DogHero?

Hoje temos colaboradores de 20 a uns 35 anos de idade, mas com a média, uns 25 anos. Então é bem jovem.

E o que mais destacaria nesse perfil?

Bom, é um perfil que está muito preocupado com impacto e missão. Acho que esse eu diria que é o principal ponto. São pessoas que estão – isso é uma opinião minha, e de observação mesmo das 25 pessoas que temos hoje na empresa – são pessoas que estão mais preocupadas em ter impacto positivo na sociedade do que necessariamente acumular riqueza. Digo acumular riqueza – todo mundo precisa sobreviver e viver com uma qualidade de vida boa -, mas após isso eles trocariam acumular riqueza por ter mais impacto na sociedade.

E quais as práticas de gestão de pessoas que você acha que foram adaptadas aqui para a DogHero?

Acho que é comunicar a visão. Você tem que comunicar sempre a visão, porque estamos fazendo o que estamos fazendo. Isso é muito importante para as pessoas entenderem o porquê das coisas, e que elas estão fazendo uma coisa para um bem maior do que elas.

Ou seja, o significado delas no trabalho.

Exato. É o significado delas no trabalho, é o significado de porque que estamos fazendo tudo isso. Então o que fazemos em termos práticos? Trazemos muito cliente, trazemos muito anfitrião, pessoas que estamos realmente impactando, para vir conhecer o time. E até mesmo para usar essas pessoas para desenvolver o produto, mas com um segundo objetivo também, motivar as pessoas que estão aqui. Para eles lembrarem toda hora porque que eles estão fazendo o que eles estão fazendo e que eles estão gerando impacto positivo na vida das pessoas.

E como é que isso alinha com as motivações deles? 

Olha, acho que todos eles estão muito preocupados em ok, estamos vindo fazer isso aqui todos os dias, estamos vindo trabalhar, eu estou resolvendo os problemas, mas para quem que é isso, porque eu estou fazendo isso no final do dia? E por exemplo, você trazer um anfitrião para cá, onde conseguimos gerar uma nova maneira dele ganhar um dinheiro fazendo o que ele gosta, fazendo o que ele ama, isso está muito alinhado com os valores dessa geração. É você conseguir fazer sua vocação e essa vocação também te sustentar. Eu acho que isso é muito – então acaba alinhando, porque eles estão vendo que eles estão trabalhando em um serviço que está possibilitando isso para várias pessoas, daí são os anfitriões no caso, e é uma coisa que eles valorizam, que é você correr atrás da sua vocação e também ter o sustento disso. E acho que eles olham um pouco aqui para dentro também dessa mesma forma.

Legal. E além do aspecto da missão, o que mais que vocês proporcionam para os colaboradores?

Bom, nós obviamente proporcionamos horários flexíveis, tentamos proporcionar na medida do possível home office, para algumas pessoas que valorizam isso, temos aqui mesmo na empresa um refeitório, um lugar onde todos podem comer todos os dias. Em vez de dar vale refeição, escolhemos por trazer isso para dentro. Dá mais trabalho, obviamente, mas achamos que os benefícios são maiores do que os custos aí no caso, porque as pessoas estão interagindo com pessoas de outras áreas, as pessoas têm backgrounds, passados diferentes umas das outras, então a troca de experiência delas é muito importante. A hora do almoço é um ótimo momento para isso. Trabalha durante o dia, está focado, ambiente produtivo, mas na hora do almoço e eventuais happy hours e tudo o mais que proporcionamos nesse espaço que temos, as pessoas gostam de interagir com pessoas de outras áreas.

Também tem uma coisa muito legal chamada DogHero TED, que acontece toda quarta-feira mais ou menos na hora do almoço. Uma pessoa se voluntaria para falar sobre um tema pessoal que ela curte, que ela tem interesse, que ela quer compartilhar com os seus colegas. Isso também é um pouco ainda naquela vertente de você também trazer um pouco da sua personalidade para dentro do trabalho, acho que os meninos querem muito isso, sabe, eles querem estar dentro de um trabalho que necessariamente assim, vai, 8 horas por dia ou 10 horas por dia, sei lá quantas horas nós vamos ficar, que seja uma parte legal do dia deles também, que não seja necessariamente “ah, então tá, então estou trabalhando para viver”, aquela coisa, “tenho que ir para o trabalho”… que seja uma coisa prazerosa para eles, queremos criar um ambiente nisso. Acho que o DogHero TED traz um pouco disso, deles poderem falar um pouco dos seus interesses também.

Bacana! E eles podem trazer cachorro, ou têm que hospedar na DogHero?

Não, com certeza, esse é um outro benefício que temos. Nós não poderíamos deixar de ter. É dog friendly o escritório, então as pessoas podem trazer seus cachorros, claro que existem regras para todo mundo não trazer o cachorro ao mesmo tempo, mas nós nos organizamos bem e todo dia tem um cachorrinho aqui no escritório que também deixa o ambiente muito mais prazeroso.

Ok. Muito obrigado.

Obrigado você.

Leia outros posts

Receba nossos Cafezinhos em seu email e também por Whatsapp!

Increva-se!

Nome

E-mail

Telefone

Como conheceu o Espresso3?

 

Inscreva-se!